Prefeitura e empresários buscam soluções para comunidade da Cruzeiro – SICEPOT-RS presente na Caravana Mais Comunidade na Região Cruzeiro

Prefeito e vice acompanharam a Caravana Mais Comunidade na Região Cruzeiro na manhã desta sexta-feira
A Caravana Mais Comunidade esteve na Região Cruzeiro na manhã desta sexta-feira, 24. O prefeito Sebastião Melo, o vice-prefeito Ricardo Gomes, secretários e técnicos da prefeitura – acompanhados por empresários, vereadores e parceiros – caminharam por comunidades vulneráveis e conversaram com moradores. Esta foi a segunda edição do projeto, que tem como objetivo engajar lideranças com potencial de investimento para conhecer a situação de bairros descentralizados e pensar alternativas para solucionar demandas da população.

“Trouxemos nossos parceiros para conhecer a realidade destas regiões para, juntos, sentirmos a dor de tanta gente que não tem o básico para uma vida digna. Aqui é esgoto a céu aberto, becos sem calçamento e arroios que transbordam. Faltam praças e serviços mínimos que um ser humano precisa para viver. Temos de nos unir para combater a pobreza”, – Prefeito Sebastião Melo.
O prefeito destacou que a falta de recursos para obras de drenagem é a grande dificuldade a ser enfrentada atualmente. Outro ponto crítico é o descarte irregular de lixo.

O empresário Luiz Roberto Ponte e a vice-presidente de Mobilização Social e Relacionamento da Associação do Ministério Público do RS (AMP/RS), promotora Karina Bussman, se comprometeram em estudar projetos de melhorias e colaborar na busca de soluções. “Temos que ser parceiros do poder público na transformação da realidade dessas pessoas. Estamos aqui para ajudar”, destacou Ponte.

Na Vila Orfanotrófio II, foram encaminhadas demandas de drenagem para avaliação técnica do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae). O Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) fará o plantio de árvores e colocação de floreiras em áreas onde há focos de lixo.

Cesar Lopes/PMPA
EXECUTIVO
Descarte irregular de lixo é um dos problemas no bairro
Arroio – As secretarias de Obras (Smoi) e de Serviços Urbanos (SMSurb) vão avaliar as condições da ponte sobre o Arroio Passo Fundo, no Beco do Sorriso, e a viabilidade de uma reforma. O prefeito também determinou que a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária (Smharf) e a Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) atuem na realocação das famílias que moram na beira do arroio.

Na Vila Pantanal, além das demandas por drenagem e acessibilidade nos acessos, a comunidade reivindica adequações em um espaço que será transformado em área de convivência, conforme determinação do prefeito.

A ação foi organizada na prefeitura pela Secretaria Municipal de Governança Local e Coordenação Política e também contou com ação do Gabinete da Primeira-Dama. Também participaram da caravana, representantes da Associação Cristã dos Moços (ACM – RS), Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA), Defensoria Pública do Estado, Multiplan, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS), Sebrae, Sindicato da Indústria da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem Geral (Sicepot) e CEEE Equatorial. Os vereadores Cláudia Araújo, Alexandre Bobadra e José Freitas também acompanharam o roteiro.

Autor: Texto: Adriana Corrêa e Edição: Lissandra Mendonça Fotos: SICEPOT-RS