Pacote que prevê R$ 5,2 bilhões de investimentos públicos e privados para os próximos 5 anos. Até 2022, quando termina o mandato do governador, a previsão é de um aporte de R$ 1,3 bilhão em recursos do próprio.

A indústria gaúcha é muito competitiva em termos produtivos e tem condições de concorrer em igualdade com manufaturas do mundo inteiro. Sabemos que, historicamente, essa competitividade é duramente afetada por fatores exógenos, que fogem da alçada dos produtores. Um desses gargalos perenes é a infraestrutura precária e defasada, que resulta numa logística cara e ineficiente.

O governo do Estado do RS divulgou, na quarta-feira, um pacote que prevê R$ 5,2 bilhões de investimentos públicos e privados para os próximos 5 anos. Até 2022, quando termina o mandato do governador, a previsão é de um aporte de R$ 1,3 bilhão em recursos do próprio Estado. Foi apresentado o Eixo “Avançar no Crescimento”, focado em apoio à atividade econômica, desonerações fiscais, logística e mobilidade. Ainda serão apresentados os outros dois eixos, “Avançar para as pessoas” e “Avançar com sustentabilidade”.

Este investimento em infraestrutura para o próximo ano e meio é dividido entre melhorias em acessos municipais, ligações regionais e recuperação de vias, atuando diretamente em problemas crônicos da malha rodoviária estadual. O pacote apresentado tem os méritos de, além de aprofundar o programa de concessões estaduais, dando protagonismo à iniciativa privada, realiza investimentos com recursos próprios do Estado. Sabe-se que, em momentos críticos da economia, movimentos anticíclicos são fundamentais para a reativação das atividades econômicas, e o Governo do Estado acerta em adotar esta iniciativa, buscando equilíbrio entre concessões e investimentos públicos.

Vale ressaltar que os montantes anunciados ultrapassam em muito o nível de investimentos do histórico recente do Rio Grande do Sul. O Governo do Estado se credencia para capitanear este processo graças às reformas propostas pelo executivo e aprovadas pela Assembleia Legislativa, num esforço conjunto que visa ao benefício de todos os gaúchos. As reformas administrativas, concessões e privatizações em curso já geraram mais de R$ 700 bilhões de economia, cifra que deve se aproximar de R$ 1 bilhão em 2021 e ultrapassar essa marca ano que vem. Esses recursos, ao serem canalizados para as reformas de infraestrutura tão necessárias, trarão 18 meses de muito trabalho para setores geradores de emprego e de recursos para o próprio Estado.

Este pacote pode ser o passo inicial de uma longa e necessária caminhada para alavancar os investimentos em infraestrutura no Rio Grande do Sul. Precisamos diminuir os custos logísticos, melhorar nossa malha rodoviária, já que o tráfego de mercadorias é dez vezes mais caro em estradas não-pavimentadas. O custo de trafegar uma carga de soja por 80 km em estrada ruim, deve equivaler a levar esta mesma carga até a China por navio. A iniciativa privada e, em especial, a indústria gaúcha, estão prontas para continuar contribuindo para o desenvolvimento do Estado, promovendo melhorias que beneficiarão todos os setores da nossa economia. Como disse o Dr. Jorge Gerdau, reunido com o então Governador José Ivo Sartori, na FIERGS, a economia gaúcha enfrenta três problemas: logística, logística e logística. Esperamos que este seja o início da solução.

Importante ressaltar que, para continuar a recuperar a nossa infraestrutura é fundamental avançar nas reformas estruturais, principalmente na emenda do teto de gastos.

Autor: COINFRA/FIERGS

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.