Governador vistoria e inaugura obras de R$ 65 milhões de investimentos do programa Pavimenta em Alegrete

A pavimentação de 34,9 quilômetros da RS-566, entre Alegrete e Maçambará, executada pela Construtora Alegretense,  vai acelerar o  escoamento da produção na região. No último domingo, o governador Eduardo Leite esteve em Alegrete, na Fronteira Oeste para inaugurar e vistoriar obras de infraestrutura rodoviária que receberam recursos do estado. As ações realizadas no município somam mais de R$ 65 milhões em investimentos do Tesouro por meio dos programas Avançar nos Transportes e Pavimenta.

A construção, realizada por meio de um convênio entre o estado e a prefeitura de Alegrete, teve investimentos de R$ 3.081.790, dos quais R$ 2.470.499 por meio do programa Avançar e contrapartida de R$ 611.291 do município.

A qualificação da área de acesso ao aeroporto representa a potencialização das conexões de negócios e turismo na região da Fronteira Oeste. A obra contempla 2,2 quilômetros de via asfaltada e 400 metros de ampliação da pista de pouso. Toda a pavimentação asfáltica do acesso foi concluída, restando a sinalização e o balizamento da pista a serem finalizados. 

Logo depois, o governador inaugurou o lote 1 da pavimentação da RS-566, que liga Alegrete a Maçambará. Foram liberados ao tráfego 34,9 quilômetros de via pavimentada. O investimento na rodovia em recursos do Estado, até o momento, é de R$ 61 milhões. A estrada encurtará significativamente as distâncias na Fronteira Oeste, unindo a BR-290 e a BR-472, com impacto positivo no escoamento da produção de grãos e carne bovina, expressivas na região, e redução de custos de frete. 

O governador destacou os ganhos em mobilidade com a ligação regional e os benefícios para a logística e a geração de desenvolvimento econômico. “É uma obra que muda a realidade da região. Os municípios da Fronteira Oeste têm uma extensão territorial muito grande e, por isso, as distâncias percorridas também são muito longas. Essa pavimentação vai ajudar muito na mobilidade entre os municípios”, disse Leite. (Assesssoria/DAER)