Pesquisar
Close this search box.

DNIT reúne 1.200 servidores para liberar rodovias atingidas pelas fortes chuvas e inundações que atingem o estado

Foto: Hiratan Pinheiro da Silva, superintendente do DNIT/RS

Desde o começo das fortes chuvas e cheias que atingem o Rio Grande do Sul, técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) seguem atuando dia e noite para liberar os pontos com interdições nas rodovias federais afetadas por quedas de barreiras, danos no pavimento e alagamentos na pista. Há trechos interrompidos total ou parcialmente e operando com sistema de PARE e SIGA. Levantamento das equipes da autarquia, que estão atuando nas regiões afetadas, aponta que neste domingo (26) são 5 pontos interditados totalmente na BR-116/RS e BR-470/RS. Os locais estão sinalizados, alertando para a situação de cada trecho, e divulgados em todos os canais de comunicação da autarquia, visando manter os usuários informados e seguros ao circularem pelo estado.

Os cerca de 1,2 mil profissionais (servidores e terceirizados) que atuam no DNIT no Rio Grande do Sul estão conseguindo desobstruir, principalmente, pontos com quedas de barreiras e atuando na recuperação do pavimento onde as condições climáticas são mais favoráveis. Contudo, em algumas regiões, o clima está mais severo e o excesso de chuva e as inundações têm possibilitado apenas a realização de ações emergenciais, como a implantação de sinalização, alertando para a situação.

As equipes de emergência – que estão atuando nas cidades gaúchas afetadas pela enchente – trabalham diuturnamente com a finalidade de liberar o tráfego o quanto antes e garantir o deslocamento, principalmente dos veículos de emergência. Importante destacar que os trechos liberados, chamados de caminhos assistenciais, são destinados prioritariamente aos veículos com caráter emergencial, transportando suprimentos e mantimentos para as localidades atingidas, além de dar celeridade às ações de resgate. A autarquia solicita que motocicletas e carros pequenos, mesmo que estejam transportando donativos, evitem a região, devido aos riscos.

Pontos interditados totalmente:

BR-116/RS
– km 174 – Caxias do Sul – Ponte sobre o Rio Caí interditada.
– km 175 – Nova Petrópolis – Queda de barreira.
– km 181 – Nova Petrópolis – Bloqueio preventivo.
– km 270 – Canoas – Bloqueado em direção ao aeroporto de Porto Alegre. Trânsito sendo desviado para a Freeway.

BR-470/RS
– km 178 ao km 201 – Veranópolis a Bento Gonçalves – Queda de barreiras e danos na pista.

Pontos liberados parcialmente:

BR-116/RS
– km 108 – São Marcos – Com liberação parcial das 6h às 18h, apenas para veículos leves e com comprimento inferior a 20 metros.
– km 161 ao km 170 – Trecho entre Caxias do Sul e Vila Cristina – Liberação das 6h às 18h. Bloqueio total durante a noite.
– km 232 – Divisa Ivoti x Estância Velha – Tráfego liberado em ambos sentidos. Decrescente percorre parte da contramão, e crescente desviado para direita. Local sinalizado.

BR-153/RS
– km 412 – Cachoeira do Sul – Ponte do Fandango – Liberado para veículos leves e caminhões até 18 toneladas – Sistema de PARE e SIGA.

BR-287/RS
– km 312 – São Vicente do Sul – Bloqueio da ponte sobre o Rio Toropi – Sistema PARE e SIGA na lateral da via (desvio no local).

BR-470/RS
– km 262 – Salvador do Sul – com sinalização local em razão de rachadura no asfalto.

Categoria

Trânsito

Tags: Rio Grande do Sul