Consórcio RGS-Cosatel completa 25% da obra da nova ETA da Corsan em Viamão

As seguidas  interrupções de água em Viamão e Alvorada estão com as horas contadas. Até o final de 2024, o consórcio formado pela RGS Engenharia, de Porto Alegre, e a Cosatel (SC), deverá concluir as obras da Estação de Tratamento de Água (ETA) da Corsan, localizada na rua Recanto da Divisa, Estrada de Itapuã.

O empreendimento, de cerca 23 mil metros quadrados, completou 25%  do total, e se encontra em fase que antecede a montagem dos equipamentos.

Além da nova ETA com capacidade para tratar 800 litros por segundo, o projeto inclui a construção de um reservatório com 5.000m ³ de capacidade, assentamento de adutora de água bruta, e elevatória de água tratada.

A nova ETA captará água do rio Guaíba, cujo projeto ainda não foi licitado, e após o tratamento será encaminhada para o Sistema Integrado Alvorada – Viamão, que hoje é atendido exclusivamente pela ETA de Alvorada.

Com investimentos de R $ 4, 4 milhões, a ETA  deverá restabelecer o saneamento básico da população, que deixará de consumir água de poços artesianos, passando a consumir água tratada. A obra, que conta com projeto da Magna Engenharia e Engeplus Engenharia e Consultoria,  foi licitada pela Corsan em 18 de fevereiro de 2021, com prazo de execução de 1200 dias corridos.

As interrupções de água em Viamão tornaram-se frequentes nos últimos anos e,  entre os motivos alegados pela estatal, foram relacionados o alto consumo em épocas de calor intenso, o baixo nível dos reservatórios e ocorrência de falta de energia elétrica na estação de bombeamento de água. Ao total pelo menos 19 bairros são afetados  quando ocorrem  irregularidades no abastecimento de água no município.

Como a nova ETA de Viamão, os municípios próximos como Cachoeirinha e Gravataí também serão favorecidos, dado ao fato de prescindir do fornecimento de água ao município vizinho em períodos em que este se encontra desabastecido.