CCR ViaSul é pioneira no RS na instalação de usinas fotovoltaicas no espaço de rodovias             

A energia solar vem se consolidando como uma das opções mais inteligentes para enfrentar os desafios globais, como mudanças climáticas, poluição e insegurança energética. Nessa linha, as estradas desempenham em todo o mundo um papel muito importante como forma de gerar  energia limpa e sustentável aos sistemas elétricos.  No Rio Grande do Sul, a CCR ViaSul é pioneira na construção de usinas fotovoltaicas no espaço das rodovias.


Atualmente, a concessionária possui nove usinas em operação. Só em 2020, foram seis novas usinas, com início em julho do mesmo ano.

Desde então já foram gerados 294 MW pelas mais de 5,1 mil placas solares nas nove usinas. Esse total seria suficiente para atender 19.320 residências, com um consumo médio mensal de 1,5 MW. Toda e energia gerada por mês nas usinas seria capaz de suprir a necessidade de 2.135 famílias.

A energia produzida pelas usinas é transferida à rede das concessionárias de energia elétrica, complementando o consumo de iluminação da rodovia, sob a responsabilidade da CCR ViaSul. As estimativas de repasse e economia gerada variam de acordo com cada contrato efetuado com as companhias. Segundo levantamento feito pela CCR ViaSul, toda energia produzida pelas usinas fotovoltaicas representaram uma economia de, aproximadamente, 30%.

Essa produção de energia ‘limpa’ é o equivalente a quase 900 toneladas de CO², responsáveis por gases de efeito estufa, que deixaram de ser lançados na atmosfera. Em termos de comparação, seria necessário o plantio de aproximadamente 360 árvores para purificar toda essa quantidade.

Todo esse esforço rendeu à concessionária o prêmio Rodovias + Brasil 2022, do Ministério da Infraestrutura, em cerimônia realizada na última quinta (20), em Brasília.

“Um dos pilares do Grupo CCR é buscar a perpetuidade do negócio através das melhores práticas. A implantação e operação das usinas fotovoltaicas ao longo do trecho de concessão da CCR ViaSul , comprovam que estamos seguindo pelo caminho certo, aliando as melhores práticas ao oferecimento de serviços de excelência para a melhor experiência aos nossos clientes”, afirma o gerente de Operações da Concessionária, Diogo Stiebler.

A CCR ViaSul prevê que até 2026, o potencial de geração de energia seja algo em torno de 1,5 GW/mês, correspondente  à redução de emissão de CO² em mais de 1 mil toneladas por ano.

Veja a média mensal de quanto é produzido em cada usina fotovoltaica da CCR ViaSul:

BR-101, km 35 (Praça de Três Cachoeiras) – 9.675 kWh;
Freeway, km 19 (Praça de Santo Antônio da Patrulha) – 9.936 kWh;
Freeway, km 53 (Glorinha) – 87.745 kWh;
Freeway, km 60 (Praça de Gravataí) – 10.334 kWh;
Freeway km 91,2 (PRF Porto Alegre) – 55.247 kWh;
Freeway, km 91,6 (Associação PRF Porto Alegre) – 44.138 kWh;
BR-448, km 10 (Canoas) – 84.083 kWh;
BR-386, km 344 (Lajeado) – 97.168 kWh;
BR-386, km 203 (Praça de Victor Graeff) – 10.831 kWh.