Assinada ordem de serviço para retomada das obras remanescentes no lote 5 da BR-116

Durante a cerimônia de entrega das obras de duplicação do Contorno de Pelotas, nesta sexta-feira (8), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Ministério da Infraestrutura realizaram outra importante ação para a região: foi assinada ordem de serviço para retomada das obras remanescentes de duplicação no lote 5 da BR-116/RS.

Do total da duplicação entre Guaíba e Pelotas, empreendimento prioritário para o Governo Federal, nos últimos três anos já foram entregues 135 dos 211,22 quilômetros, o que representa 64% de toda a obra.

O segmento que será contemplado por meio da OS assinada hoje tem 25 quilômetros – do km 397,18 ao km 422,30 – e fica entre os municípios de Camaquã e Cristal, no Estado do Rio Grande do Sul. O contrato conta com investimento previsto de R$ 172 milhões.

Com a retomada dos trabalhos, a expectativa é de que, ainda em 2022, um trecho de 15 quilômetros seja entregue e liberado ao tráfego na região, uma vez que os serviços de base e sub-base já estão concluídos.

Empreendimento – O projeto de duplicação entre Guaíba e Pelotas beneficia diretamente pelo menos 12 municípios da região Sul do Estado e vai além da implantação de uma nova pista. Considerando toda a obra, os usuários da rodovia contam também com melhorias como travessias urbanas, ruas laterais, retornos operacionais, viadutos, passarelas e pontes. (Assessoria de imprensa DNIT)